As celebrações do Santuário de Fátima, na noite de 12 de maio, serão seguidas da estreia do espetáculo “Pellegrino”, uma instalação de videomaping, que será projetada no edifício dos Missionários da Consolata, em Fátima. A projeção vai decorrer sem a presença de público, e será transmitida em direto, em livestreaming, nas páginas do Facebook dos Missionários da Consolata e da Vortice Dance Company, organismo promotor da obra.

Os fiéis que gostariam de participar na peregrinação de maio, mas que não o poderão fazer devido à atual pandemia, são convidados a enviar fotografias, individuais ou de grupos de peregrinos, para o e-mail vortice.dance@gmail.com, até 10 de maio, com a indicação de autorização de utilização da imagem no espetáculo e com a informação do local onde as fotos foram tiradas ou de onde os peregrinos são naturais.

De acordo com os coreógrafos Cláudia Martins e Rafael Carriço, que dirigem a Vortice Dance Company, o espetáculo a apresentar é “um memorial a todos os peregrinos que este ano, devido à pandemia Covid-19, não se podem deslocar a Fátima, bem como a todos aqueles que pereceram com a doença. É também uma forma de gratidão para com toda a comunidade médica e hospitalar”.

Segundo os criadores do espetáculo, “Pellegrino” é uma “manifestação artística que pretende deixar uma mensagem de esperança no futuro”, que se caracteriza por um “cruzamento de artes, em que a dança se destaca”. De acordo com os coreógrafos, a peça será também será “um relembrar de outros projetos que a companhia desenvolveu em Fátima, como o espetáculo ‘Fátima – O dia em que o sol bailou’ e ‘Magnificat – Padre Formigão o apóstolo de Fátima’.

Os responsáveis pelo projeto adiantam ainda que “a produção conta com o apoio logístico dos Missionários da Consolata, na pessoa do diretor e sacerdote Elísio Assunção, que acompanha o desenvolvimento do projeto de uma forma próxima”. Sediada em Fátima, a Vortice Dance Company já levou as suas produções artísticas a mais de três dezenas de países. Devido à atual pandemia, a companhia viu cancelada uma digressão no Reino Unido que passaria por dez cidades ao longo do mês de maio. A companhia é apoiada pela República Portuguesa/Cultura – Direção Geral das Artes.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *