Num momento em que a população deve ficar em casa, com o objetivo de conter a atual pandemia, um portal online dedicado à sustentabilidade – Green Savers – sugere aos portugueses a visualização de quatro documentários e de uma série, que dão a conhecer diferentes espécies que habitam em solo nacional.

A população é, assim, convidada a ver a “Expedição Oceano Azul aos Açores” e “As Ilhas Selvagens”, dois documentários que colocam em foco os Açores e a Madeira, respetivamente, e que envolvem organizações como a Fundação Oceano Azul, Fundação Waitt, National Geographic e a Universidade Western Australia.

A biodiversidade existente na Serra da Arrábida, tanto na água, como em terra, pode ser conhecida através do documentário “Serra da Arrábida – Da Serra ao Mar”. A montanha mais alta de Portugal continental, e que é o habitat de variadas espécies, é revelada através do documentário “A Serra da Estrela”. As duas produções integram o programa “Vida Selvagem – SIC”.

A última das sugestões para o atual período de distanciamento social recai sobre a série “Mar, a última fronteira”, uma produção da RTP1, com um total de seis episódios, que revela a biodiversidade marinha das águas portuguesas, em Portugal Continental e nas ilhas.

Os autores do portal ‘Green Savers’ afirmam que regem a sua atividade pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU) para 2030, os quais se se constituem como os “pilares de uma sociedade equilibrada capaz de gerar emprego, riqueza e justiça para todos sem esgotar os recursos do planeta”, e cujo objetivo é “melhorar a vida das pessoas em todo o planeta”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *