O novo coronavírus já provocou mais de 6.500 mortes em todo o mundo, desde que apareceu o primeiro caso, em dezembro passado. Em Portugal, o número de infetados subiu para 331, mas não há registo de vítimas mortais

Um balanço feito na manhã desta segunda-feira, 16 de março, dava conta que, a nível mundial, o novo coronavírus (Covid-19) já tinha provocado pelo menos 6.501 mortes, desde que eclodiu a doença, em dezembro de 2019. Os casos de contágio ultrapassavam os 168 mil, em 141 países. Em Portugal, havia o registo de 331 infetados.

A China continental (sem contar com Hong Kong e Macau), onde se iniciou a epidemia, tinha um total de 80.860 pessoas contagiadas, das quais 3.213 morreram e 67.490 foram dadas como curadas. No resto do mundo, até esta manhã tinham sido registados um total de 3.213 mortes e 87.396 casos.

Depois da China, os países mais afetados são a Itália com 1.809 mortos e 24.747 casos; o Irão, com 724 mortos e 13.983 casos; Espanha, com 288 mortos e 7.753 casos e França, com 127 mortos e 5,423 casos. O Barein, Hungria, Guatemala e Luxemburgo anunciaram domingo as primeiras mortes relacionadas com o coronavírus.

Em Portugal, o número de infetados subiu para 331, mais 86 do que os contabilizados no domingo, segundo a atualização feita esta segunda-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o boletim sobre a situação epidemiológica, há 2.908 casos suspeitos, dos quais 374 aguardam resultado laboratorial.

Os dados indicam que dos 331 casos confirmados, mais de metade (174) estão a recuperar em casa, 139 estão internados, 18 dos quais em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI). Segundo a DGS, há atualmente 18 cadeias de transmissão ativas em Portugal, mais quatro do que no domingo.

Lisboa e Vale do Tejo é a região que regista o maior número de casos confirmados (142), seguida da região Norte (138), da região Centro (31) e do Algarve (13). Há um caso nos Açores. O Alentejo e a Madeira são as únicas regiões do país sem casos registados pela DGS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *