a situação no Médio Oriente, particularmente o Iraque e Irão, foi o principal assunto de discussão quando o Papa Bento XVI se encontrou com o presidente Hosni Mubarak na segunda-feira.
a situação no Médio Oriente, particularmente o Iraque e Irão, foi o principal assunto de discussão quando o Papa Bento XVI se encontrou com o presidente Hosni Mubarak na segunda-feira. Numa declaração aos meios de comunicação depois do encontro, o porta-voz do Vaticano Joaquin Navarro-Valls disse que o Papa falou com Mubarak sobre as relações entre os diferentes grupos religiosos no Egipto, e dos laços diplomáticos com a Santa Sede, assim como sobre o Irão e o Iraque.
apesar da declaração não mencionar o projecto nuclear do Irão, o Papa já tinha indicado a sua preocupação sobre o assunto. Num telegrama enviado a Mohammed el Baradei, chefe da agência Internacional para a Energia atómica, o Santo Padre disse frisou que o desenvolvimento de armas nucleares continua a colocar em perigo a paz no mundo.
Mubarak foi acompanhado pelo ministro dos negócios estrangeiros ahmed abdoul Theit, o embaixador egí­pcio no Vaticano Nevin Halim abdallah e outros oficiais. Quebrando o protocolo habitual, Mubarak saiu do Vaticano depois do encontro com o Papa sem falar com o secretário de estado, o cardeal angelo Sodano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *