assalto atribuído às forças leais ao governo de Bashar al-assad provocou a morte a 13 pessoas da mesma família, entre elas seis crianças. Os corpos das vítimas foram encontrados em casa
assalto atribuído às forças leais ao governo de Bashar al-assad provocou a morte a 13 pessoas da mesma família, entre elas seis crianças. Os corpos das vítimas foram encontrados em casa Um ataque imputado às tropas regulares da Síria provocou este fim de semana 13 mortos, todos da mesma família, entre eles seis crianças, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH). Segundo fontes médicas, os corpos das vítimas foram encontrados em casa, na região de Bayda. Entre os mortos, três homens, que estavam desarmados, foram assassinados fora de casa. Em seguida, os milicianos entraram e mataram mulheres e crianças, revelou o diretor do OSDH, Rami abdel Rahman. a forma como foram mortas as crianças não é ainda clara. Temos relatos contraditórios até o momento. alguns nos dizem que eles foram alvo de tiros, outros que eles foram queimados vivos, adiantou o responsável. No noroeste da Síria, em ariha, um bombardeamento por parte das forças leais a Bashar al-assad contra o mercado central da cidade, no domingo, 21 de julho, provocou mais 18 mortos e dezenas de feridos. as tropas governamentais abriram fogo a partir da periferia da zona urbana.