Milhares de crianças refugiadas estão a realizar diversas atividades de lazer na Cisjordânia. a iniciativa é «daqueles momentos em que as crianças podem sentir que há um futuro melhor» considera Heidi Hautal, ministro do Desenvolvimento Internacional
Milhares de crianças refugiadas estão a realizar diversas atividades de lazer na Cisjordânia. a iniciativa é «daqueles momentos em que as crianças podem sentir que há um futuro melhor» considera Heidi Hautal, ministro do Desenvolvimento InternacionalCerca de seis mil crianças palestinianas, refugiadas na Cisjordânia, estão a participar na terceira edição dos Jogos de verão, que vão desenrolar-se até ao próximo dia 4 julho. a iniciativa contempla diversas atividades de lazer como desporto, arte, teatro e apresentações musicais. através desta ação, os seus promotores pretendem dar a oportunidade aos participantes de desfrutar as suas férias e de descansar das dificuldades do seu quotidiano.
a iniciativa é daqueles momentos em que as crianças podem sentir que há um futuro melhor afirmou Heidi Hautala, ministro finlandês do Desenvolvimento Internacional, citado pela Rádio ONU. O projeto, desenvolvido em parceria com a União Europeia, abrange os alunos de 55 escolas geridas pela agência das Nações Unidas para os Refugiados da Palestina no Médio Oriente (UNRWa).