a nova encí­clica sobre a fé será assinada pelo Papa Francisco e pelo Papa emérito Bento XVI. Segundo o Santo Padre, este é um «documento forte»
a nova encí­clica sobre a fé será assinada pelo Papa Francisco e pelo Papa emérito Bento XVI. Segundo o Santo Padre, este é um «documento forte»

a encíclica sobre a fé que Bento XVI começou a escrever nos meses anteriores à sua renúncia será publicada com a contribuição do Papa Francisco, informou o próprio na última quinta-feira, 13 de junho, aos membros do Conselho Ordinário da Secretaria Geral do Sínodo dos Bispos.

Será uma encíclica a quatro mãos: começou-a o Papa Bento, entregou-ma, é um documento forte, e escreverei que recebi este grande trabalho que ele fez e que eu o levei por diante, afirmou o Santo Padre, segundo o site Vatican Insider e a agência italiana ansa.

Francisco disse que o novo texto é o resultado de um trabalho conjunto, e que tem a intenção de reconhecer que a encíclica tem a contribuição do seu antecessor. Pouco tempo depois da eleição de Bento XVI, em 2005, o Papa alemão recorreu na sua primeira encíclica, Deus caritas est, a conteúdos incluídos num esboço já preparado por João Paulo II.