Para formar docentes, prevenir o consumo de droga e para melhorar a vida de jovens em risco, a Cáritas Peru e uma instituição governamental do país assinaram um acordo de cooperação
Para formar docentes, prevenir o consumo de droga e para melhorar a vida de jovens em risco, a Cáritas Peru e uma instituição governamental do país assinaram um acordo de cooperação a Cáritas do Peru e o Centro de Formação Profissional Serviços e Desenvolvimento do mesmo país assinaram um acordo de cooperação com vista à promoção humana. O contrato, que terá a duração de dois anos, prevê a formação de professores, a prevenção do uso de droga, programas de microcrédito, a promoção do trabalho autónomo e a implementação de serviços de informação sobre áreas de trabalho.

Um dos primeiros projetos a ser implementado tem como objetivo melhorar a vida dos jovens, entre os 15 e os 25 anos, que vivem em situação de risco, na província de Tarma, no centro do Peru, informa um comunicado enviado à agência Fides. Fundado em 1996, o Centro de Formação Profissional Serviços e Desenvolvimento é uma instituição governamental que coordena ações formativas em 12 regiões do país. Instituída há 57 anos, a Cáritas Peru auxilia 48 sedes em quase todas principais cidades do país sul-americano.