No afeganistão, um grupo de homens armados atacou o escritório do Comité Internacional da Cruz Vermelha, provocando um morto e um ferido ligeiro
No afeganistão, um grupo de homens armados atacou o escritório do Comité Internacional da Cruz Vermelha, provocando um morto e um ferido ligeiroO escritório do Comité Internacional da Cruz Vermelha (CICV) em Jalalabad, no afeganistão, foi alvo de um ataque levado a cabo por homens armados não identificados, na última quarta-feira, 29 de maio. Um funcionário, um guarda afegão, foi morto, e outro, um expatriado, foi ferido sem gravidade. Segundo um comunicado da Cruz Vermelha, todos os outros funcionários estão a salvo.
Condenamos veementemente este ataque, disse Jacques de Maio, chefe de operaçõesdo CICV para o sul da Ásia. agora os nossos pensamentos estão com a família do nosso colega morto, afirmou, em declarações aos serviços de comunicação da organização. Em Jalalabad, o CICV tem 36 funcionários, incluindo seis expatriados. O afeganistão é o local de uma das maiores operações do CICV no mundo, com cerca de 1. 800 pessoas a trabalhar em 17 locais por todo o país.