Os responsáveis pelo Santuário de Fátima vão apostar no «estudo e valorização» da imagem de Nossa Senhora, venerada na capelinha das aparições
Os responsáveis pelo Santuário de Fátima vão apostar no «estudo e valorização» da imagem de Nossa Senhora, venerada na capelinha das apariçõesO Santuário de Fátima e o Instituto Politécnico de Tomar (IPT) assinaram um protocolo de cooperação para o estudo científico da imagem de Nossa Senhora de Fátima, venerada na capelinha das aparições. Oacordo foi criado para possibilitar a cooperação e a investigação científica, histórica e artística da peça cultural, permitindo, desta forma, o estudo, preservação, valorização, divulgação e conservação da imagem reconhecida como um dos mais importantes ícones do catolicismo.

Os investigadores envolvidos no trabalho vão proceder a uma análise rigorosa dos materiais e do estado de conservação da escultura de Nossa Senhora de Fátima, informa um comunicado enviado à Fátima Missionária, onde se pode ler que o trabalho de investigação irá envolver os melhores meios analíticos disponíveis. Para Carlos Cabecinhas, sacerdote e reitor do Santuário, esta iniciativa é uma forma de cumprir com a responsabilidade de cuidar de uma imagem que desempenha um papel essencial na vivência da mensagem de Fátima.

Bem sabemos o significado que a imagem tem para os devotos de todo o mundo. O presente protocolo visa permitir o estudo daquele que é o mais importante e precioso património do Santuário de Fátima, afirmou o sacerdote esta quinta-feira, 30 de maio, no salão da Casa de Retiros de Nossa Senhora do Carmo, na Cova da Iria.

No momento da assinatura do acordo, Eugénio Pina de almeida, professor e presidente do Instituto Politécnico de Tomar, destacou os 25 anos de experiência do IPT na formação superior, investigação e prestação de serviços em conservação e restauro e afirmou que os trabalhos serão realizados através das mais recentes tecnologias.

Os resultados do estudo serão objeto de uma publicação científica da responsabilidade do Museu do Santuário de Fátima e do Laboratório de Conservação e Restauro do Instituto Politécnico de Tomar. a imagem de Nossa Senhora de Fátima é uma obra do escultor José Ferreira Thedim (1892-1971), e foi oferecida ao Santuário em 1920, por Gilberto Fernandes dos Santos, um devoto de Torres Vedras.