a agência da ONU para os refugiados disse que enviou ajuda para milhares de pessoas num subúrbio de Homs, na Síria, onde a situação é aflitiva, depois de terem sido afetados pelos combates mais recentes entre tropas leais ao regime e forças rebeldes
a agência da ONU para os refugiados disse que enviou ajuda para milhares de pessoas num subúrbio de Homs, na Síria, onde a situação é aflitiva, depois de terem sido afetados pelos combates mais recentes entre tropas leais ao regime e forças rebeldes Cobertores, colchões e utensílios domésticos, fornecidos pelo alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (aCNUR), foram distribuídos no último sábado a 200 famílias desalojadas do bairro de al Wa’er de Homs. Ontem, 28 de maio, um camião do aCNUR, transportando bens de ajuda humanitária para 10 mil pessoas, chegou a al Wa’er. O porta-voz do aCNUR, adrian Edwards, disse que este bairro de al Wa’er é casa de cerca de 400 mil pessoas, metade das quais foram deslocadas de outras áreas de Homs – principalmente de Baba amer e da antiga cidade de Homs. Intensos confrontos entre o governo e forças da oposição em al Wa’er eclodiram a 16 de maio e foram interrompidos por uma pausa de dois dias, que se iniciou no sábado, afirmou. O conflito, desde então, foi retomado. No decorrer destas últimas lutas, pelo menos cinco urbanística que hospedavam centenas de pessoas deslocadas internamente foram seriamente danificados.