O país vive uma situação de emergência nacional, devido à seca. a produção de milho caiu quase para metade e muitas famílias já esgotaram as suas reservas alimentares
O país vive uma situação de emergência nacional, devido à seca. a produção de milho caiu quase para metade e muitas famílias já esgotaram as suas reservas alimentares a Namíbia está a passar por uma fase de emergência humanitária, devido à seca que atinge quase todo o país e que já colocou perto de 300 mil pessoas em situação de insegurança alimentar, informou esta segunda-feira, 27 de maio, a imprensa local. O governo comprometeu-se a lançar programas de apoio alimentício. Segundo o Presidente Hifikepunye Pohamba, citado pela agência Misna, a falta de chuva pode causar uma quebra de 48 por cento na produção de milho, numa altura em que muitas famílias já acabaram as suas reservas alimentares, o que as faz depender completamente do mercado. a estas dificuldades acresce o facto de haver também uma seca prolongada na fronteira com o sul de angola, que está a pôr em perigo outras 300 mil pessoas. Pohamba pretende avançar no imediato com campanhas de ajuda alimentar, sobretudo junto das escolas.