Presidência brasileira anunciou o perdão de 695 milhões de euros de dívidas a 12 países africanos, nas celebrações do cinquentenário da unidade africana
Presidência brasileira anunciou o perdão de 695 milhões de euros de dívidas a 12 países africanos, nas celebrações do cinquentenário da unidade africana as celebrações dos 50 anos da criação da unidade africana foram aproveitados por Dilma Rousseff, Presidente de Brasil, para anunciar a anulação de 900 milhões de dólares (695 milhões de euros) em dívidas a 12 países africanos. Os principais beneficiados são a República Democrática do Congo e a Tanzânia. Manter relações especiais com a África é estratégico para a política externa brasileira, explicou à imprensa este sábado, 25 de maio, o porta-voz de Rousseff, Thomas Traumann. a Presidente deu a conhecer este perdão da dívida em adis abeba, na Etiópia, onde se deslocou para participar nas comemorações. Esta foi a sua terceira viagem a África em três meses.