Para «diminuir a população de mosquitos transmissores» de doenças como a malária e o dengue, o governo de Luanda vai proceder à fumigação e pulverização de todos os Municípios e distritos da capital angolana
Para «diminuir a população de mosquitos transmissores» de doenças como a malária e o dengue, o governo de Luanda vai proceder à fumigação e pulverização de todos os Municípios e distritos da capital angolanaO governo provincial de Luanda vai reforçar o combate à malária e à dengue, através da fumigação e pulverização de todos os municípios e distritos da capital angolana, ao longo de três meses consecutivos. através desta ação, que iniciou este fim de semana, o governo pretende, em parceria com a cooperação cubana, diminuir a população de mosquitos transmissores destas doenças, explicou Rosa Bessa, diretora provincial da Saúde de Luanda. a pulverização irá acontecer em áreas com charcos de água, onde existe maior concentração de mosquitos, enquanto que a fumigação só será aplicada nas residências. Para que tal seja possível, serão utilizadas viaturas e motorizadas com condutores equipados com pulverizadores portáteis, permitindo uma melhor penetração nos bairros, destacou a responsável. Em declarações à agência angola Press, Rosa Bessa disse é importante as famílias abram as portas e as janelas para beneficiarem da fumigação domiciliar, uma vez que o inseticida utilizado não prejudica a saúde humana, e visa a redução do impacto de químicos no ambiente. O combate aos mosquitos é uma das medidas preventivas mais eficazes no combate às doenças transmitidas por eles, adiantou a diretora provincial da Saúde de Luanda.