a Comissão Europeia deu início a mais uma edição do «Prémio access City», que distingue as cidades com melhores acessibilidades. O vencedor será conhecido no «Dia europeu das pessoas com deficiência»
a Comissão Europeia deu início a mais uma edição do «Prémio access City», que distingue as cidades com melhores acessibilidades. O vencedor será conhecido no «Dia europeu das pessoas com deficiência»O concurso da Comissão Europeia para a quarta edição do Prémio access City, que reconhece as cidades empenhadas em proporcionar um ambiente acessível para os cidadãos, particularmente, para os mais idosos e com deficiência, iniciou na última terça-feira, 21 de maio. a cerimónia de entrega do prémio acontecerá em Bruxelas e coincidirá com a conferência do Dia europeu das pessoas com deficiência, de 3 a 4 de dezembro.
a iniciativa faz parte dos esforços da União Europeia (UE) para criar uma Europa sem barreiras. Continuemos a trabalhar juntos para facilitar as vidas dos cidadãos, afirmou Viviane Reding, vice-presidente da Comissão Europeia e Comissária para a Justiça, Direitos Fundamentais e Cidadania. Convido as cidades de toda a Europa a participarem e a partilharem as suas ideias sobre como tornar a vida mais acessível para todos, disse esta responsável.
Em comunicado, a UE refere que cerca de 80 milhões de cidadãos europeus são portadores de deficiência, e adianta que com o envelhecimento da população, o número de pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida é cada vez maior. Proporcionar a todos o acesso aos transportes urbanos, espaços públicos e serviços, assim como às tecnologias, tornou-se um verdadeiro desafio, lê-se no documento.