Para apoiar a causa do alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, um grupo de criativos recorreu aos sapatos de deslocados para contar as histórias reais dessas pessoas. a campanha foi agora premiada no «Festival One Show 2013»
Para apoiar a causa do alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, um grupo de criativos recorreu aos sapatos de deslocados para contar as histórias reais dessas pessoas. a campanha foi agora premiada no «Festival One Show 2013» a campanha Vamos calçar os sapatos dos refugiados e dar o primeiro passo para entender a sua situação, do alto Comissariado da Organização das Nações Unidas para os Refugiados (aCNUR), ganhou o prémio Lápis de mérito no Festival One Show 2013, evento que distingue trabalhos publicitários.
Lançado em novembro de 2010, o trabalho foi divulgado nos países da américa Latina, e em alguns estados europeus e africanos. Os criativos envolvidos no projeto recorreram a um par de sapatos para promover a tolerância e a consciencialização do público sobre a condição enfrentada por 43 milhões de deslocados e refugiados em todo o mundo.
Uma ideia simples pode comunicar uma grande verdade: colocámos as ‘vivências’ de muitos sapatos de refugiados em caixas de papelão. a campanha chegou a todo o mundo, o que era preciso para que esta ideia prosperasse, explicou o diretor criativo, alejandro Calero, aos serviços de comunicação do aCNUR.
a mensagem foi reforçada com o apoio do secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, do escritor Mário Vargas Llosa, dos cantores Enrique Iglesias, James Blunt e alejandro Sanz, e de pessoas ligadas ao futebol como Iker Casillas, Eric Cantona, Pep Guardiola e Vicente del Bosque. ao longo dos anos de divulgação e de várias atividades em todo o mundo, o projeto criativo sensibilizou mais de dois milhões de pessoas e ofereceu programas de microcrédito a oito mil refugiados. Histórias reais de pessoas deslocadas e refugiadas podem ser encontradas no site oficial da campanha.