as mulheres devem ter um maior papel maior na vida Política do Sudão do Sul, desde a elaboração da Constituição do país para a traduzir em lei, pediu responsável da ONU no momento em que o país se prepara para elaborar o seu primeiro quadro legal
as mulheres devem ter um maior papel maior na vida Política do Sudão do Sul, desde a elaboração da Constituição do país para a traduzir em lei, pediu responsável da ONU no momento em que o país se prepara para elaborar o seu primeiro quadro legal a geração atual de mulheres sul-sudanesas tem uma oportunidade única de contribuir diretamente para o desenvolvimento do seu país, destacou o representante especial adjunto político para a Missão das Nações Unidas no país (UNMISS), Raisedon Zenenga, na abertura de uma conferência nacional sobre o papel das mulheres no desenvolvimento constitucional, realizada em Juba, capital do Sudão do Sul. Escrever uma Constituição é um aspeto fundamental na construção da nação. Uma nação une-se através de valores e aspirações comuns, sublinhou Zenenga, em comunicado enviado à conferência. E notou que seria na Constituição que estes valores e aspirações são definidos. Esta conferência, organizada pelo associação de Mulheres do Sudão do Sul e do Instituto Nacional Democrático, com o apoio da UNMISS, reúne representantes de mulheres de todos os dez estados do Sudão do Sul, que podem discutir e estabelecer recomendações para a elaboração da Constituição do novo país.