a importância de restaurar a confiança entre os países da região africana dos Grandes Lagos, para assegurar uma paz duradoura no leste da República Democrática do Congo e em seu redor, foi sublinhada por uma enviada da ONU em visita ao Ruanda
a importância de restaurar a confiança entre os países da região africana dos Grandes Lagos, para assegurar uma paz duradoura no leste da República Democrática do Congo e em seu redor, foi sublinhada por uma enviada da ONU em visita ao RuandaSe pudermos trazer a paz – o que devemos fazer -, e parar os grupos armados de todos os tipos que operam no leste da República Democrática do Congo (RDC), isso vai ajudar o Ruanda, o que vai ajudar a região, sublinhou Mary Robinson, enviada especial do secretário-geral das Nações Unidas em visita à região africana dos Grandes Lagos, em declarações à imprensa.
a sua passagem pela capital do Ruanda, Kigali, é parte de uma verdadeira digressão regional para incentivar a aplicação de um acordo a que Mary Robinson chamou de quadro de esperança, e que foi assinado em fevereiro por 11 países, visando acabar com décadas de conflito e sofrimento na RDC e na região.
acredito que o verdadeiro coração do acordo é reconstruir e fortalecer a confiança entre os países da região, com cada um deles a implementar, de forma rigorosa e transparente, os compromissos [assumidos], rematou a enviada especial de Ban Ki-moon.