Recentes confrontos intercomunais no Darfur provocaram mortes e restrições de segurança impedem esforços das forças de paz no terreno. a comunidade internacional deve pressionar as partes em conflito para chegarem a um entendimento político
Recentes confrontos intercomunais no Darfur provocaram mortes e restrições de segurança impedem esforços das forças de paz no terreno. a comunidade internacional deve pressionar as partes em conflito para chegarem a um entendimento político a situação no Darfur é cada vez mais preocupante, sublinhou Hervé Ladsous, subsecretário-geral para as Operações de Manutenção da Paz, que informou o Conselho de Segurança da ONU sobre o trabalho da missão das Nações Unidas e da União africana, a UNaMID, nesta região oeste do Sudão dilacerada pela guerra. Resolver o conflito continua a exigir um esforço conjunto do Conselho de Segurança, da União africana e de toda a comunidade internacional, para persuadir as partes beligerantes de que não há solução militar para a crise, defendeu Hervé Ladsous. Neste contexto, manter a atenção sobre a situação no Darfur durante uma nova crise é muito importante. O povo do Darfur está a sofrer há muito tempo, disse o subsecretário-geral para as Operações de Manutenção da Paz, pedindo ao Conselho de Segurança para fazer tudo ao seu alcance para ajudar a aliviar o sofrimento e trazer um fim à luta, apoiando a UNaMID e aplicando uma pressão adicional sobre as partes beligerantes para chegar a uma solução negociada.