a reunião entre os líderes do Iraque e da região do Curdistão merece a congratulação de um responsável das Nações Unidas. Que diz esperar que estas negociações venham ajudar a resolver questões pendentes
a reunião entre os líderes do Iraque e da região do Curdistão merece a congratulação de um responsável das Nações Unidas. Que diz esperar que estas negociações venham ajudar a resolver questões pendentes O primeiro-ministro do Iraque, Nuri al-Maliki, e o primeiro-ministro do governo regional do Curdistão, Nichervan Barzani, devem reunir-se esta segunda-feira, 29 de abril, em Bagdad, de acordo com um comunicado emitido pela Missão de assistência das Nações Unidas para o Iraque (UNaMI, na sigla inglesa). Neste momento crítico, sentados à mesa juntos e a conversar com um espírito construtivo é a melhor maneira de ultrapassar os problemas, sublinhou Martin Kobler, o representante especial do secretário-geral das Nações Unidas e responsável da UNaMI. as duas partes necessitam de resolver de uma vez por todas as questões pendentes, como uma verdadeira parceria, a segurança, o orçamento e a repartição de receitas, de forma transparente e franca, rematou Kobler.