No último ano, mais um milhão de portugueses estiveram envolvidos em ações de voluntariado, mas ainda assim, Portugal é das nações com menos voluntários da União Europeia
No último ano, mais um milhão de portugueses estiveram envolvidos em ações de voluntariado, mas ainda assim, Portugal é das nações com menos voluntários da União EuropeiaDados do Instituto Nacional de Estatística (INE), divulgados esta semana, revelam que Portugal é dos países com menos voluntários da União Europeia, apenas à frente da Bulgária e da Polónia. Holanda. Dinamarca e Finlândia lideram a lista. Segundo o INE, no último ano, um milhão e 40 mil portugueses (11,5 por cento da população) participaram em pelo menos uma atividade formal e /ou informal de voluntariado, que se traduziu em cerca de 368,2 milhões de horas. Uma média de 29 horas mensais de voluntariado. as principais funções executadas pelos voluntários foram atividades equivalentes às de trabalhadores de serviços sociais (33,9 por cento): apoio a crianças, idosos, doentes e acamados. Seguiram-se as tarefas de nível não qualificado (limpeza de espaços, recolha de alimentos, roupa e donativos), e funções correspondentes aos técnicos e profissões de nível intermédio que deram apoio técnico social, religioso ou em organização de eventos.
Dos voluntários, 51,4 por cento realizaram atividades ocasionalmente, e 48,5 por cento numa base regular. O sexo feminino foi o que mais esteve envolvido com um total de 595 626 mulheres. a nível etário, a faixa dos 25 aos 44 anos lidera os valores. Cerca de 27,1 por cento dos voluntários tinha o ensino superior.