Francisco deixou uma mensagem de confiança aos mais de 50 mil peregrinos presentes na Praça de São Pedro, em Roma, comparando Jesus a um jurista que defende quem foi acusado
Francisco deixou uma mensagem de confiança aos mais de 50 mil peregrinos presentes na Praça de São Pedro, em Roma, comparando Jesus a um jurista que defende quem foi acusado Ele [Jesus] é o nosso advogado, que continua a defender-nos das armadilhas do diabo, de nós mesmos, dos nossos pecados. Não devemos ter medo de pedir perdão e misericórdia. Nunca estamos sós, porque temos este defensor, afirmou o Papa Francisco, esta quarta-feira, 17 de abril, na habitual audiência geral, na Praça de São Pedro, em Roma, Itália. Na catequese que preparou para os mais de 50 mil peregrinos, o Sumo Pontífice falou da ascensão de Jesus ao céu segundo o Evangelho de São Lucas, para deixar uma mensagem de confiança aos fiéis. Jesus é o único e eterno Sacerdote que com a sua paixão atravessou a morte e o sepulcro e ressuscitou e subiu aos céus; e está junto de Deus Pai onde intercede para sempre em nosso favor, afirmou. após as saudações nas várias línguas, Francisco expressou um voto de pesar pelas vítimas do terramoto no Médio Oriente: Recebi com grande tristeza a notícia do violento sismo que atingiu as populações do Irão e do Paquistão, trazendo morte, sofrimento e destruição. Elevo uma oração a Deus para as vítimas e por todos aqueles que estão na dor e desejo manifestar ao povo iraniano e ao povo paquistanês a minha solidariedade.