Magdalena Sepúlveda está em visita oficial ao país para avaliar a situação dos direitos humanos das pessoas que vivem na miséria. a deslocação é feita a convite do governo moçambicano
Magdalena Sepúlveda está em visita oficial ao país para avaliar a situação dos direitos humanos das pessoas que vivem na miséria. a deslocação é feita a convite do governo moçambicano a relatora especial das Nações Unidas para a Pobreza Extrema e Direitos Humanos, Magdalena Sepúlveda, estará em Moçambique até 16 de abril, numa visita que tem por objetivo avaliar os esforços empreendidos no país para a proteção dos direitos humanos e redução da taxa de pobreza. apesar do seu impressionante crescimento económico e o progresso encorajador alcançado nos últimos anos, a pobreza continua a ser generalizada em Moçambique, observou a relatora, num comunicado difundido pelos serviços da ONU. Nesta deslocação, feita a convite do governo, Sepúlveda dará especial atenção às medidas de proteção social e programas estatais para o atendimento a pessoas que vivem nas comunidades rurais, em particular as que foram afetadas pelas recentes inundações. a especialista em direitos humanos tem ainda reuniões agendadas com as comunidades que vivem em situação de pobreza nas nas províncias de Maputo, Gaza e Zambézia, e com altos funcionários do governo, incluindo representantes de vários ministérios e membros do Parlamento.