Nações Unidas vão apelar aos turistas que ajudem a combater o tráfico ilegal de bens e serviços durante as suas viagens ao estrangeiro. a campanha deverá ser lançada ainda este ano
Nações Unidas vão apelar aos turistas que ajudem a combater o tráfico ilegal de bens e serviços durante as suas viagens ao estrangeiro. a campanha deverá ser lançada ainda este ano a Organização Mundial de Turismo e a agência das Nações Unidas contra a Droga e o Crime assinaram um acordo para promoverem uma campanha de sensibilização conjunta. O objetivo é pedir aos turistas que ajudem a combater o tráfico ilegal de bens e serviços. Este tipo de comércio, alerta o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, serve muitas vezes para financiar gente sem escrúpulos, envolvida no tráfico de pessoas, no comércio ilegal de marfim e noutras áreas que causam grande sofrimento e destruição. Com a assinatura deste acordo, as organizações subscritoras pretendem realçar a importância do turismo consciente, como forma de contribuir para a redução da procura de produtos ilegais, que em muitos casos são fonte de financiamento para as organizações criminais. através da campanha, a lançar ainda este ano, pede-se aos turistas que tomem as suas decisões depois de se informarem acerca da proveniência e características dos bens e serviços que lhes são oferecidos nos locais para onde viajam, revelam os serviços de comunicação da ONU.