O «Centro Global de Seul» tem levado por diante uma iniciativa que visa integrar, gradualmente, os estrangeiros de uma forma mais direta na vida da sociedade da Coreia do Sul, nomeadamente em ações de apoio a idosos e crianças
O «Centro Global de Seul» tem levado por diante uma iniciativa que visa integrar, gradualmente, os estrangeiros de uma forma mais direta na vida da sociedade da Coreia do Sul, nomeadamente em ações de apoio a idosos e crianças O programa, criado em outubro de 2011, consiste em duas visitas semanais que os participantes fazem a um centro para idosos (todas as sextas-feiras) e a uma academia pós-escola (aos sábados). Desta forma, os estrangeiros podem contribuir de uma forma direta e pessoal para o bem-comum da sociedade coreana. Numa visita realizada no passado mês de novembro, cerca de 40 estrangeiros visitaram um centro infantil e cozinharam pratos tradicionais do seu país. O Centro Global de Seul foi criado para dar resposta a questões relacionadas com o dia a dia, desde atividades comerciais, serviços administrativos, cursos educativos e programas de intercâmbio internacional. O Centro também está equipado com aconselhamento especializado para estrangeiros em diversas áreas, incluindo assuntos legais, de trabalho, serviço de taxas e setor imobiliário. Este programa tem atualmente cerca de 400 pessoas inscritas; os estrangeiros que falam coreano fluentemente participam também em eventos variados como intérpretes. as crianças são quem mais disfruta com o projeto, pois têm a possibilidade de interagir diretamente com estrangeiros. a maior parte dos voluntários são provenientes da China, Estados Unidos, Rússia, Mongólia e austrália. as aulas mais apreciadas pelas crianças são as de língua e cultura. a iniciativa também é apreciada pelos voluntários que, desta forma, podem não só contribuir para o bem comum, como vencer a solidão que é característica de quem está longe da pátria, fazendo novas amizades com outros estrangeiros e coreanos. Numa Coreia que cada vez mais se diversifica culturalmente, programas deste género são um passo importante na integração dos estrangeiros, bem como na criação de uma mentalidade global entre os coreanos.