a maioria dos centros médicos de angola não dispõe de laboratórios e não existe um orçamento disponível para a criação dos mesmos, alertou a especialista Filomena da Silva

a maioria dos centros médicos de angola não dispõe de laboratórios e não existe um orçamento disponível para a criação dos mesmos, alertou a especialista Filomena da Silva
Em angola, a maioria dos centros de saúde não dispõe de laboratórios com meios adequados para o diagnóstico clínico e de saúde pública, e não existe um orçamento destinado à criação destas unidades, afirmou a especialista Filomena da Silva, durante o XXII Conselho Consultivo do Ministério da Saúde, que decorreu em Benguela na última sexta-feira, 22 de março. Na sua intervenção, intitulada Prestação de cuidados primários e assistência hospitalar, Filomena da Silva referiu, segundo a agência angola Press, que existe a necessidade de coordenar e planificar a rede laboratorial do país, para que existam laboratórios funcionais e capazes de responder às preocupações clínicas e de saúde pública. Segundo a especialista, uma das formas de resolução do problema passa pela criação do Comité Multissetorial de aconselhamento para Rede Nacional de Laboratório de Saúde. Para que tal seja possível, Filomena da Silva referiu que será necessário regular a atividade de laboratórios em angola, em conformidade com as diretrizes da Organização Mundial de Saúde.