Belo, maravilhoso, deslumbrante: são adjectivos para classificar o ambiente natural onde um grupo de amigos da Consolata assentou arraiais em Certosa de Pésio, Itália.
Belo, maravilhoso, deslumbrante: são adjectivos para classificar o ambiente natural onde um grupo de amigos da Consolata assentou arraiais em Certosa de Pésio, Itália. Férias por entre caminhos de montanha, ao som do rumorejar de rios e fontes, em que o corpo e o Espírito relaxam. O ar puro enche e purifica os pulmões, o verde vivo das árvores absorve e sacia o olhar, os cimos dos montes atraem e convidam para o altí­ssimo.
além do descanso, que se deseja e procura de um modo especial em tempo de Verão, os amigos da Consolata recuperam energias espirituais, através da reflexão diária, envolvidos por um clima, em que facilmente se escuta a voz de Deus. ao fim do dia a experiência vivida por cada um é oferecida livre e espontaneamente ao grupo.
Certosa de Pésio é a localidade que os acolhe numa Cartuxa do mesmo nome, situada nas faldas dos alpes marí­timos, junto ao confim com a França. Neste lugar, a mais de mil metros de altitude, instalaram-se, no início do século XII, os monges cartuxos provenientes do país vizinho. actualmente propriedade dos Missionários da Consolata, a Cartuxa está transformada num centro de espiritualidade, muito concorrido por jovens e adultos.
antes de chegar a este local paradisí­aco, os amigos da Consolata passaram por Turim, capital do Piemonte, onde visitaram os lugares que viram nascer e crescer o Beato José allamano, fundador dos missionários da Consolata em 1901.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *