a escalada da violência está a ameaçar a educação de centenas de milhares de crianças, avisa a UNICEF. avaliação mostra que há um número significativo de escolas destruídas, professores mortos e taxas de frequência que caí­ram abruptamente

a escalada da violência está a ameaçar a educação de centenas de milhares de crianças, avisa a UNICEF. avaliação mostra que há um número significativo de escolas destruídas, professores mortos e taxas de frequência que caí­ram abruptamente
O sistema de educação na Síria está a sofrer o impacto da violência, disse o representante da UNICEF neste país do Médio Oriente, Youssouf abdel-Jelil. a Síria orgulhava-se da qualidade das suas escolas. agora é ver os ganhos alcançados ao longo de anos rapidamente revertidos. Segundo a avaliação promovida pelo Fundo, um quinto das escolas do país já sofreu danos físicos diretos ou está a ser utilizado para abrigar pessoas deslocadas internamente. Nas cidades onde o conflito é mais intenso, como Idlib, aleppo e Deraa, as crianças muitas vezes já não se apresentam para as aulas. Outras vezes, assistem a apenas dois dias por semana. No entanto, em áreas com elevado número de cidadãos sírios deslocados, as turmas estão superlotadas, podendo receber até 100 alunos.