Jovem desenvolveu projeto que poderá melhorar a vida de milhões de pessoas em todo o mundo que vivem sem acesso a água potável. O aparelho criado pela estudante funciona através de luz solar
Jovem desenvolveu projeto que poderá melhorar a vida de milhões de pessoas em todo o mundo que vivem sem acesso a água potável. O aparelho criado pela estudante funciona através de luz solarCom apenas 14 anos, Deepika Kurup venceu o prémio Jovem Cientista americana depois de criar um sistema de purificação de água sustentável. O aparelho funciona através do sol e foi testado no quintal de casa da estudante. ao expor óxido de titânio e óxido de zinco à luz solar, o sistema gerou radicais hidroxilo, que têm a capacidade de matar bactérias presentes na água e que prejudicam a saúde do homem. Horas depois, a quantidade de coliformes fecais tinha sido reduzida consideravelmente. O projeto desta adolescente norte-americana poderá melhorar a vida de mais de 1,1 mil milhões de pessoas sem acesso a água potável em todo o mundo. a jovem competiu com nove concorrentes finalistas, tendo alcançado o prémio para a melhor ideia da edição de 2012. Deepika Kurup e os restantes dos finalistas mostraram um pensamento incrivelmente inovador. Estou certo de que eles vão estar preparados para competir na atual economia global e criar um futuro mais brilhante, refere Bill Goodwyn, diretor executivo da Discovery Education, no comunicado oficial do concurso. Os projetos foram selecionados com base na sustentabilidade dos conceitos e na capacidade criativa de os apresentar. O concurso Discovery Education 3M Young Scientist Challenge incentiva alunos com interesses na área das ciências a explorar novos conceitos Círculo e a comunicar as suas próprias descobertas de forma criativa.