Um maior financiamento para ajudar milhões de sírios necessitados deve ser garantido. Vive-se uma deterioração da situação no interior do país e um inverno muito rigoroso na região. No horizonte vai realizar-se uma grande conferência humanitária
Um maior financiamento para ajudar milhões de sírios necessitados deve ser garantido. Vive-se uma deterioração da situação no interior do país e um inverno muito rigoroso na região. No horizonte vai realizar-se uma grande conferência humanitária a situação na Síria, como todos sabemos, continua a deteriorar-se, o que significa que há maiores necessidades. Mais pessoas em necessidade, mas também com necessidades mais agudas uma vez que os mecanismos de apoio continuam a entrar em colapso, sublinhou esta segunda-feira John Ging, diretor de operações do gabinete da ONU para a Coordenação de assuntos Humanitários (OCHa). O reforço do financiamento é pedido num momento em que se vive uma deterioração da situação no interior do país e um inverno muito rigoroso na região. O maior esforço humanitário na Síria é o esforço da população em apoiar os seus irmãos e irmãs neste momento extremamente difícil, notou Ging. as famílias estão a acolher muitas pessoas e elas próprias também são afetadas pela situação. Para Ging, que recentemente liderou uma missão de agências humanitárias à Síria e ao Líbano, a escassez de financiamento está a afetar a capacidade da ONU e dos seus parceiros, para oferecer assistência vital, incluindo o abastecimento de água, alimentos, medicamentos e cuidados médicos.