O ano passado morreram 13 crianças na Colômbia, vítimas de rebentamentos de minas antipessoais. as zonas mais perigosas situam-se nos departamentos que fazem fronteira com o Equador
O ano passado morreram 13 crianças na Colômbia, vítimas de rebentamentos de minas antipessoais. as zonas mais perigosas situam-se nos departamentos que fazem fronteira com o Equador O relatório do Programa Presidencial para a ação Integral contra as Minas antipessoais é taxativo. Em 2012, morreram na Colômbia 13 crianças, e 52 ficaram feridas, por causa do rebentamento de minas. Segundo as estatísticas, os departamentos onde se registam mais casos são os de antioquia, Cauca e Narino, junto à fronteira com o Equador. as últimas vítimas deste flagelo foram três crianças que caíram num campo minado, no município de Briceno, a 13 de janeiro. Uma morreu e as outras duas foram levadas em estado grave para o hospital. Entre 1990 e 2012, morreram mais de 10 mil pessoas em toda a Colômbia, em acidentes com minas antipessoais. O país é o segundo no mundo, depois do afeganistão, onde mais minas foram disseminadas, em 31 dos 32 departamentos.