a seca e a insegurança na região aumentaram a falta de alimentos disponíveis, no momento em que se celebram os cinco anos de paz. Mas sem razões para sorrir
a seca e a insegurança na região aumentaram a falta de alimentos disponíveis, no momento em que se celebram os cinco anos de paz. Mas sem razões para sorrirO Sul do Sudão está a enfrentar um défice generalizado de alimentos, por causa da seca e da insegurança generalizada, alertou no início desta semana o Programa alimentar Mundial (PaM).
O alerta foi dado no mesmo dia em que o Sudão celebra o quinto aniversário do acordo de Paz Global, que pôs fim a duas décadas de conflitos entre o Governo central de Cartum e o Movimento de Libertação do Povo do Sudão, baseado no Sul do país.
Este acordo de paz estabeleceu um governo semi-autónomo no Sul do Sudão e um referendo sobre a independência está a ser preparado para Fevereiro de 2011. Eleições nacionais estão previstas para abril próximo.