a cantora britânica foi distinguida pela acção a favor da luta contra a Sida na África do Sul, durante a 1O. º cimeira de laureados com o Nobel da Paz
a cantora britânica foi distinguida pela acção a favor da luta contra a Sida na África do Sul, durante a 1O. º cimeira de laureados com o Nobel da Pazannie Lennox vestia uma t-shirt preta com a inscrição HIV Positive quando recebeu o prémio, uma estatueta de bronze, das mãos do antigo presidente sul-africano Frederik de Klerk, Nobel da Paz de 1993, pelas reformas que acabaram com o apartheid em 1991. Entre os 15 Nobel da Paz presentes estava o chefe histórico do sindicato polaco Solidaridade, Lech Walesa, o ex-presidente soviético Mikhail Gorbachov, e Muhammad Yunus, fundador de um banco de microcréditos.
a cantora, que fez parte do duo Eurythmics, nos anos 80, contou como a primeira viagem à África do Sul, em 2003, lhe abriu os olhos para o problema. Principalmente depois de um discurso de Nelson Mandela na ilha-prisão de Robben Island. Em 2007, annie Lennox fundou a SING, convidando 23 cantoras a gravar um disco. as receitas reverteram para a compra de medicamentos, na educação e na protecção de mulheres e crianças sul-africanas contra a Sida.