Quando as mulheres são discriminadas nos domí­nios político, económico, social e cultural, é a sociedade como um todo que fica a perder
Quando as mulheres são discriminadas nos domí­nios político, económico, social e cultural, é a sociedade como um todo que fica a perder a discriminação contra as mulheres que está profundamente enraizada nos domínios político, económico, social e cultural enfraquece a sociedade como um todo, afirmou na antecipação do Dia Internacional da Mulher, que se celebra este domingo, 8, a alta comissária das Nações Unidas para os direitos humanos.
Navi Pillay fez notar que os efeitos negativos da discriminação são amplificados em situações de conflito, bem como em catástrofes provocadas pelo homem ou naturais, tais como a actual crise económica.
O colapso nos mercados globais e as instituições financeiras e a consequente recessão é provável que tenham um impacto desproporcionado em milhões de mulheres, que já formam a maioria dos pobres, como já anteciparam diferentes notícias veiculadas por Fátima Missionária.