Firas Saad foi condenado a quatro anos de prisão pelo Supremo Tribunal da Segurança do Estado por ter “propagado falsas informações”, adianta a Organização Nacional dos Direitos do Homem na Síria (ONDHS)
Firas Saad foi condenado a quatro anos de prisão pelo Supremo Tribunal da Segurança do Estado por ter “propagado falsas informações”, adianta a Organização Nacional dos Direitos do Homem na Síria (ONDHS) O veredicto constitui uma sanção contra Saad devido aos seus artigos publicados na internet analisando a posição oficial da Síria sobre a guerra entre o Líbano e Israel em 2006, e acerca do escritor sírio Michel Kilo, preso em Maio de 2006 , refere o presidente ammar Qorabi. O escritor sírio disse que era seu dever da criticar os aspectos negativos, nomeadamente depois de o presidente Bachar al-assad ter sublinhado a importância da liberdade de expressão .
Nos meus escritos, eu exprimo a opinião de uma importante categoria de sírios , apontou. a ONDHS já pediu a libertação de Firas Saad e lembrou que a constituição síria garante o direito à livre expressão assim como a liberdade de imprensa .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *