O porta-voz da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) desvaloriza o encontro entre a Maçonaria Europeia e o presidente da Comissão Europeia, terça-feira em Bruxelas
O porta-voz da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) desvaloriza o encontro entre a Maçonaria Europeia e o presidente da Comissão Europeia, terça-feira em BruxelasCarlos azevedo considera que a falta de distinção entre laicidade e laicismo é o grande problema destes debates. Não vejo grande importância nesta reunião, são coisas evidentes. Há gente que continua com mentalidade do século XIX , refere a Lusa, citando o prelado.
Quanto à laicidade [prática dos princípios laicos] estamos todos de acordo . Já com o laicisimo [doutrina que pretende dar às diversas formas da vida social um carácter não religioso] não podemos estar .
Se há dimensão religiosa em muitos cidadãos, essa dimensão é muito positiva para a vida dessas pessoas. E isto deve ser considerado como um factor positivo , afirmou o também bispo auxiliar de Lisboa. Para o secretário da CEP, ao não favorecer uma religião, o Estado deve respeitar a sociedade .
a Maçonaria Europeia está preocupada com posições assumidas pelo presidente da Comissão Europeia, que considera porem em causa o princípio da laicidade na Europa, e quer explicações. Na III assembleia Ecuménica Europeia, em Sibiu, na Roménia, em Setembro de 2007, Durão Barroso enalteceu o papel das religiões no processo de integração europeia e no futuro da Europa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *