Portugal
Novo projeto visa ajudar enfermeiros de pessoas com demência
Texto J.B. | Foto FM | 20/02/2020 | 08:45
A Cáritas de Coimbra está presente no lançamento de um projeto que pretende apoiar os enfermeiros de pessoas com demência em «tarefas complexas»
imagem

Flávia Rodrigues, do Departamento de Inovação da Cáritas Diocesana de Coimbra, encontra-se em Viena, na Áustria, esta quinta e sexta feira, dias 20 e 21 de fevereiro, para participar no lançamento do projeto «DIANA – Digital Intelligent Assistant for Nursing Applications». A profissional portuguesa vai apresentar o organismo humanitário português ao consórcio do projeto. Será esta a primeira reunião oficial de todos os parceiros, onde será debatido o desenvolvimento do DIANA, no qual a Cáritas de Coimbra irá ser um dos pilotos.

Com uma pessoa a ser diagnosticada com demência a cada 3,2 segundos, «até 2018, o custo global desta doença ultrapassou os 900 biliões de euros, estando 80 por cento deste valor ligado aos custos de cuidados formais e informais». Neste contexto, o DIANA pretende «responder a esta necessidade», otimizando os procedimentos do trabalho de enfermeiros de pessoas com demência através da utilização de sensores de inteligência artificial 3D.

«O sistema visa apoiar a equipa de enfermagem em tarefas complexas como: monitorizar a segurança dos pacientes, controlar caminhadas durante a noite, reagir perante os sinais dos sensores instalados e prevenir falsos alarmes, apoiar as atividades da vida diária e observar tendências de saúde dos pacientes, a registar dados para posterior avaliação de especialistas», explicam os serviços de comunicação da Cáritas de Coimbra.

O financiamento deste projeto está a cargo do Programa Europeu AAL e, em Portugal, da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT). O consórcio é constituído pela Cáritas de Coimbra e a Universidade Católica Portuguesa (Portugal), pela EET Europarts e a Clínica Geriátrica St. Gallen (Suíça), pela Bluepoint (Roménia) e pela Universidade Técnica de Viena e a Cogvis (Áustria), sendo este último o coordenador.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.