+ infoAcontecer
Portugal
Interculturalidade celebrada no Porto
Texto J.B. | Foto Espaço T | 10/12/2019 | 12:18
Ao longo de três dias, um conjunto de iniciativas vai celebrar a história, cultura e tradições de diversos povos
imagem

Os «Dias da interculturalidade» arrancam esta quarta-feira, 11 de dezembro, e prolongam-se até à sexta-feira seguinte, dia 13, na cidade do Porto. Ao longo destes dias vão decorrer «um conjunto de atividades de promoção da interculturalidade», indicam os promotores do evento. A partir das 16h30 desta quarta-feira está prevista uma palestra dedicada ao tema «Questões de género e imigração», que terá lugar nas instalações da Atmosfera M. Entre os intervenientes vai estar um imigrante do Bangladesh.

 

No dia seguinte, 12, será tempo para a conferência «A imigração e as festividades religiosas». A palestra terá início pelas 21h30, na paróquia dos Novos Mártires Russos. Ao longo da noite é esperada a intervenção de Abdul Karim António, imã da mesquita do Porto, e de Alexandr Piskunov, pároco da Igreja Ortodoxa Russa no Porto, entre outros. A palestra encerrará com um momento musical.

 

Na sexta-feira, os «Dias da interculturalidade» ficam marcados pela inauguração de uma exposição de arte com artistas imigrantes, nas instalações da associação Espaço T, pelas 18h30. Os «Dias da interculturalidade» mudam de espaço no mesmo dia, com o Museu Nacional Soares dos Reis a acolher pelas 21h30 uma palestra subordinada ao tema «Artistas imigrantes».

Os «Dias da interculturalidade» são uma expressão do projeto «O meu país no teu», promovido pela associação Espaço T, com o objetivo de promover a interculturalidade através da arte. O evento constitui uma forma de «dar a conhecer criações artísticas e a cultura de nacionais de países terceiros a residirem em Portugal, como forma de promoção da convivência ao nível local e a sensibilização e promoção da cultura dos países de origem». A iniciativa conta com o apoio do CCI – Conselho Consultivo para a Interculturalidade, sendo co-financiada pelo FAMI – Fundo Asilo, Migração e Integração.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.