+ infoAcontecer
Mundo
Dois acampamentos de migrantes desmantelados em França
Texto F.P. | Foto Lusa | 07/11/2019 | 15:08
Cerca de 1.600 pessoas que viviam em tendas de campanha nas ruas, nos arredores de Paris, foram transportadas de autocarro para centros de acolhimento temporário
imagem
A polícia francesa desmantelou esta quinta-feira, 7 de novembro, dois grandes acampamentos de migrantes no norte de Paris e evacuou cerca de 1.600 pessoas, um dia depois do governo ter revelado uma série de medidas para «recuperar o controlo» da imigração.

A ordem de evacuação foi dada pelo comissariado da polícia, por considerar que os acampamentos estavam a crescer em demasia e a contribuir para o aumento da «delinquência» na zona. «Não posso permitir uma situação tão perigosa como esta», justificou o Chefe da Polícia de Paris, Didier Lallement.

Muitos destes migrantes fugiram da guerra e da miséria em África ou Médio Oriente e procuram um lugar para instalar-se na Europa. Awa, uma mulher de 32 anos, da Costa do Marfim, admitiu estar a dormir numa das tendas instaladas num dos acampamentos desde que chegou a França, há um ano.

O governo do Presidente Emmanuel Macron tinha anunciado quarta-feira um plano para controlar melhor a imigração, que responde à vontade do executivo de não deixar o monopólio deste tema à extrema direita, com vista às eleições presidenciais de 2022. Foi revelado também que serão criadas 16 mil vagas em três novos centros de migrantes, para evitar o aparecimento de mais acampamentos.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.