+ infoAcontecer
Mundo
Saúde
«Aumento notável de casos» de dengue
Texto J.B. | Foto Lusa | 18/08/2019 | 11:03
O problema verifica-se na América Latina e Caraíbas. A capacidade de adaptação do mosquito poderá ser um dos motivos na origem do aumento dos casos
imagem

Os responsáveis pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) fizeram um alerta sobre a situação complexa de dengue na América Latina e Caraíbas, uma região que se depara com uma nova época epidémica da doença, depois de dois anos de baixa incidência.

A última atualização epidemiológica da agência indica que nos primeiros sete meses deste ano, mais de dois milhões de pessoas contraíram a doença, sendo que 723 delas faleceram. A quantidade de casos supera o número registado em 2017 e 2018, apesar de até agora estar abaixo da quantia que foi verificada em 2015 e no ano seguinte.

Segundo Marcos Espinal, diretor do Departamento de Doenças Transmissíveis e Determinantes Ambientais da Saúde da OPAS, a região «enfrenta um novo período epidémico de dengue, com um aumento notável de casos».

Para a agência das Nações Unidas, o clima, a gestão ambiental e a capacidade de adaptação do mosquito são condições que poderão ter contribuído para aumentar a complexidade deste cenário.

Os dez Estados mais afetados pela dengue, segundo a quantidade de novos casos por cada 100 mil habitantes, são Nicarágua, Brasil, Honduras, Belize, Colômbia, El Salvador, Paraguai, Guatemala, México e Venezuela. Honduras e Nicarágua já anunciaram alertas epidemiológicos a nível nacional este ano, de forma a agilizar a capacidade de resposta à doença.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.