+ infoAcontecer
Mundo
Saúde
Burundi previne ébola com ação de vacinação
Texto J.B. | Foto Lusa | 17/08/2019 | 07:18
Estão a ser administradas «doses da vacina conhecida como rVSV-Zebov». O objetivo é «fornecer proteção contra o vírus ebola-Zaire», considerado a «estirpe mais mortal»
imagem

As autoridades de saúde do Burundi decidiram levar a cabo uma ação de vacinação contra o ébola. A iniciativa visa preparar o país para o surgimento de um possível caso de infeção pelo vírus. Os responsáveis pela Organização Mundial da Saúde (OMS) apoiam os promotores desta campanha, que leva equipas de saúde do combate à doença até regiões prioritárias onde a transmissão do vírus poderá acontecer.

Serão também vacinados profissionais de saúde, funcionários de pontos de entrada no país, assim como pessoas potencialmente expostas à doença como técnicos de laboratório, membros de equipas de vigilância e responsáveis pela realização de funerais, conforme indicam os serviços de comunicação da Organização das Nações Unidas (ONU).

A ação de vacinação arrancou no início desta semana em Gatumba, na fronteira do Burundi com a República Democrática do Congo. A ajuda financeira para esta iniciativa é garantida pela Aliança de Vacinas Gavi. Com as «doses da vacina conhecida como rVSV-Zebov», o objetivo é dar «proteção contra o vírus ebola-Zaire», considerado a estirpe «mais mortal».

Segundo a OMS, apesar da vacina ainda não estar aprovada e da utilização comercial ainda não estar autorizada, esta mostrou ser eficaz e segura em surtos ocorridos na África Ocidental. De acordo com a agência, são necessárias mais inventigações científicas antes do seu licenciamento, mas por agora esta vacina é «usada para fins humanitários para proteger as pessoas em maior risco de infeção».

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.