+ infoAcontecer
Portugal
«Força e energia» marcam Festas da Senhora d`Agonia
Texto J.B. | Foto Lusa | 16/08/2019 | 16:06
Desfile da mordomia nas festas de Viana do Castelo vai «possivelmente ultrapassar» as «mais de 600 mordomas», que participaram o ano passado no cortejo
imagem

A Romaria de Nossa Senhora d`Agonia inicia esta sexta-feira, 16 de agosto, e prolonga-se até à próxima terça-feira, dia 20, em Viana do Castelo. Com carácter «nacional», a romaria assume um «fundo muito forte de devoção e fé», onde assumem especial presença os pescadores da região, e as populações da ribeira, conforme explicou Maria José Guerreiro, vereadora da cultura de Viana do Castelo, em declarações à agência Ecclesia.

Segundo Maria José, também ela presidente da Viana Festas, o «apogeu» da romaria é a «procissão ao mar», que terá lugar a 20 de agosto, um momento onde se sente «a força, a energia» que as populações da Ribeira e «as gentes do mar transmitem». «É um momento único em que a Nossa Senhora percorre as várias artérias da comunidade que estão decoradas para a receber. A santa visita o porto de pesca com muitos pescadores, quer da comunidade de Viana, quer de outras praias a norte ou a sul – Vila Praia de Âncora, Castelo do Neiva, da Póvoa de Varzim, Vila do Conde – e formam um magnífico desfile de emoção e, sobretudo, de devoção», frisou.

A procissão ao mar é antecedida de um «momento extraordinário, a noite dos tapetes», onde «toda a população» local se reúne para elaborar os «mais belos tapetes» para o momento de passagem da imagem de nossa Nossa Senhora d`Agonia. Os festejos na diocese do Alto Minho celebram também a etnografia e a «riqueza», com o desfile da mordomia com o seu ouro, um «momento muito belo, de celebração do traje de festa». Em 2018 participaram «mais de 600 mordomas», uma quantidade que este ano «possivelmente» se vai «ultrapassar», acredita Maria José Guerreiro. O programa detalhado da romaria pode ser consultado online.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.