+ infoAcontecer
Mundo
Bali proíbe uso de sacos e garrafas de plástico
Texto F.P. | Foto Lusa | 21/07/2019 | 13:28
Decisão foi tomada o ano passado mas só agora entrará em vigor, depois de um longo processo judicial movido pelos industriais de reciclagem. Na ilha apenas são reciclados 48 por cento dos desperdícios
imagem
Enquanto a Indonésia aumento os esforços para enfrentar o desafio da gestão de resíduos, a ilha do Bali conseguiu finalmente por em prática uma lei que proíbe o uso de sacos e garrafas de plástico, para tentar travar a contaminação da sua costa que ameaça afugentar os turistas.

Milhares de viajantes chegam todos os anos às famosas praias rodeadas de palmeiras, mas a ilha não tem escapado ao flagelo da contaminação marinha, especialmente grave na Indonésia. Em vários vídeos que se tornaram virais podem ver-se ondas de desperdícios arrastados até às praias mais turísticas.

Para travar a poluição, o ano passado, as autoridades locais decidiram proibir os plásticos de uso único, mas a aplicação da norma esteve suspensa até à semana passada, data em que foi superado o último obstáculo e a justiça recusou um recurso de uma associação de industriais de reciclagem de plásticos, que temiam deixar de ter suficiente matéria prima.

«A reclamação foi recusada e, em consequência, o regulamento pode aplicar-se. Esperamos que os habitantes, tanto os consumidores como as empresas, apoiem este programa», reagiu a responsável pela agência para o meio ambiente do Bali, Made Teja.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.