+ infoAcontecer
Portugal
AMI e APAV juntas na Madeira pela superação da pobreza
Texto J.B. | 07/07/2019 | 15:51
Elementos de várias organizações vão estar reunidos no Funchal, com o objetivo de reunir propostas para o futuro, que possam contribuir para o bem-estar e qualidade de vida de todos os cidadãos
imagem

Os principais desafios rumo à superação da pobreza na Região Autónoma da Madeira vão estar em destaque no seminário «Pobreza e exclusão social», que vai realizar-se na próxima quinta-feira, 11 de julho, no auditório do Instituto da Segurança Social da Madeira, no Funchal, entre as 09h30 e as 13h30.

 

O encontro será uma ocasião para a «apresentação de propostas de intervenção» que visem o fim das situações de pobreza, e deverá reunir investigadores, organizações sociais e entidades públicas, como a Rede Europeia Anti-Pobreza, a Assistência Médica Internacional (AMI), e a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV). Ao longo da manhã, os participantes vão debruçar-se sobre as «características da pobreza e das desigualdades em Portugal», e, de modo mais específico, na Madeira.

 

O seminário é promovido pelos membros do Núcleo da Região Autónoma da Madeira da Rede Europeia Anti-Pobreza – Portugal, que recordam que o «Inquérito às condições de vida e do rendimento», do Instituto Nacional de Estatística, mostra que aquela região «detém os segundos resultados mais elevados do conjunto das sete regiões do país», indicando que «as pessoas em risco de pobreza e/ou exclusão social, na Madeira, atingem uma amostra de 81 mil indivíduos em condições de desigualdades sociais e, por conseguinte, de exclusão social».

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.