+ infoAcontecer
Portugal
Batalha
Capela da Quinta do Escuteiro prestes a ser sagrada
Texto J.B. | Foto CNE | 18/06/2019 | 15:23
Celebração vai ser presidida pelo cardeal António Marto, num espaço onde ecoa o «chilrear dos pássaros e o restolhar de outros pequenos animais e insetos»
imagem

O altar da capela da Quinta do Escuteiro, na Batalha, distrito de Leiria, vai ser sagrado no próximo sábado, 22 de junho, no decorrer de uma celebração que será presidida por António Marto, bispo da diocese de Leiria-Fátima. De acordo com os serviços de comunicação daquela diocese, o local de culto será «dedicado a Nossa Senhora, Mãe do Escuta».

João Ferreira, membro do staff da Quinta do Escuteiro, destaca que a capela a sagrar se encontra num local «envolto em sobreiros», o que «ajuda a encontrar uma grande paz e recolhimento, independentemente da religião a que estão ligados os grupos» que frequentam aquele espaço. Já Humberto Dias, arquiteto que projetou o edifício e dirigente do Corpo Nacional de Escutas (CNE), destaca que a Quinta do Escuteiro conta com «diversas espécies de carvalhos e sobreiros», com «alguns espécimes de grande envergadura».

 

«O ambiente natural, promove a existência de diversos ecossistemas, a fauna e a flora encontram aqui um ambiente privilegiado e sossegado a maior parte do tempo. O chilrear dos pássaros e o restolhar de outros pequenos animais e insetos, é uma constante, que se pode observar por entre os pequenos bosques que pontuam ao longo dos seus quase quatro hetares de superfície. É neste ambiente que os escuteiros realizam com segurança as suas atividades, acampam e celebram com os restantes irmãos escutas que frequentemente ali se encontram por vezes às centenas», destaca Humberto Dias.

Segundo o arquiteto, para os escuteiros, a natureza «é a expressão da criação de Deus», e, por isso, foi «neste ambiente natural que foi idealizada a Capela da Quinta do Escuteiro, construída como uma simples construção escutista, feita de paus e amarrações, configura uma tenda, símbolo da natureza peregrina e errante do escuteiro, mas também o lugar do tabernáculo do Senhor, para lhe louvar a criação que nos oferece e reconhecer em cada um dos companheiros de jornada a bondade do amor de Deus».

«Esta capela pretende ser o lugar para louvar o Senhor neste espaço de escutismo, situado no coração da Quinta do Escuteiro, somos acolhidos pela imagem de Nossa Senhora de Fátima, imagem que foi doada aos escuteiros da região de Leiria–Fátima pelo Santuário de Fátima», realçou o responsável. A Quinta do Escuteiro consiste num centro escutista do Corpo Nacional de Escutas, dos escuteiros de Leiria-Fátima. Em 2018, passaram por este espaço cerca de 3500 escuteiros e outros grupos, provenientes de diversos pontos de Portugal, mas também de outros países, com maior frequência de Espanha e França.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.