+ infoAcontecer
Mundo
Manual dá conselhos para aposta na economia verde
Texto F.P. | Foto Lusa | 17/06/2019 | 17:32
Novo guia disponibiliza soluções para os países que pretendam fazer a migração para as economias verdes inclusivas e evitar a extração de recursos naturais, a principal causa da perda global de biodiversidade
imagem
A ONU Meio Ambiente lançou recentemente o manual «Economia Verde Inclusiva: Políticas e Práticas», onde oferece uma visão abrangente dos modelos económicos alternativos centrados na sustentabilidade ambiental. O objetivo é «ajudar a orientar os esforços de migração para economias verdes inclusivas», explica a organização em comunicado.

Segundo dados da ONU, o uso de combustíveis fósseis e minerais não metálicos triplicou desde 1970, chegando a cerca de 90 biliões de toneladas em 2019. Todos os anos 19 milhões de pessoas morrem de forma prematura devido a riscos ambientais e uso de recursos naturais, sendo a extração de recursos apontada também como a principal causa da perda global de biodiversidade.

Com a publicação deste novo guia, elaborado em parceria com a Fundação Zayed Internacional para o Ambiente e a Universidade Tongji, da China, espera-se contribuir para que cada vez mais países optem pelas economias verdes inclusivas, ou seja, «de baixo carbono, eficientes e limpas, mas também inclusivas, baseadas na partilha, colaboração, solidariedade, resiliência, oportunidade e interdependência».

De acordo com o chefe da Secção de Recursos e Mercados da ONU, Steven Stone, o manual «oferece uma contribuição importante para a compreensão de como a pobreza, inclusão e questões de emprego devem ser plenamente levadas em consideração para assegurar uma transição justa».
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.