+ infoAcontecer
Fátima
Esperada grande afluência de asiáticos na peregrinação de maio
Texto J.B. | Foto Ana Paula | 07/05/2019 | 12:13
Parte dos peregrinos que vão assistir às celebrações religiosas em Fátima são provenientes de países como Hong Kong, Coreia do Sul, Vietname, Filipinas e Singapura
imagem

Só nos primeiros quatro meses de 2019, o Santuário de Fátima recebeu 60 grupos de peregrinos provenientes da Ásia, nove deles originários das Filipinas, de onde é natural Luis Antonio Tagle, arcebispo na capital daquele país, que presidirá à Peregrinação Internacional de maio, que começa no próximo domingo, 12. A presença do cardeal na Cova da Iria é demonstrativa de um «sinal de atenção» do templo mariano à Ásia, «cujo número de peregrinos não para de surpreender no Santuário de Fátima», referem os serviços de comunicação daquele local de culto.

No primeiro quadriénio deste ano, os peregrinos sul coreanos «continuam a destacar-se na Cova da Iria como o grupo mais expressivo da presença asiática neste lugar». «Entre janeiro e abril deste ano fizeram-se anunciar 30 grupos da Coreia do Sul, num total de 730 peregrinos entre os 1.934 peregrinos asiáticos registados no Santuário. A esta altura o Sri Lanka é o terceiro país asiático com o maior número de grupos – oito – e o segundo no número de peregrinos – 428», adianta a Sala de Imprensa do santuário.

Estes dados dizem «apenas» respeito aos registos do templo mariano referentes aos grupos que solicitam o apoio do Departamento de Acolhimento de Peregrinos para a realização de celebrações particulares. Destaca-se ainda o facto destes peregrinos, à semelhança dos italianos, serem aqueles que «mais procuram a exposição permanente `Fátima luz e paz´, patente ao público no Museu do Santuário de Fátima». Segundo o Santuário de Fátima, «são os peregrinos filipinos e do Sri Lanka aqueles que mais procuram os espaços expositivos do Santuário, solicitando visitas guiadas».

De recordar que dos 456 grupos oriundos da Ásia que visitaram Fátima no último ano, «125 grupos eram sul coreanos, 93 filipinos, 48 indonésios e 36 vietnamitas». Somam-se a estas proveniências mais sete: «Índia, China, Sri Lanka, Malásia, Singapura, Japão e Tailândia, num total de 15 mil peregrinos em grupos organizados».

De acordo com os serviços de comunicação do Santuário de Fátima, «dos cerca de 100 grupos já inscritos para esta peregrinação de maio (o número diz respeito a finais do mês de abril), cerca de dez por cento dos peregrinos» são oriundos de «Hong Kong, Coreia do Sul, Vietname, Filipinas e Singapura».

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.