+ infoAcontecer
A Missão Conta
Faleceu o padre Adelino Francisco
Texto F.P. | 03/02/2019 | 12:59
Passou parte da sua vida missionária em Moçambique, nos tempos difíceis da revolução e da guerra civil, onde chegou a ser raptado. Uma paragem cardiorrespiratória pôs fim a 55 anos de profissão religiosa
imagem
Duas semanas após a morte do padre Herculano da Silva, a Família Missionária da Consolata volta a sofrer a perda de mais um missionário, desta vez o padre Adelino da Conceição Francisco, de 77 anos. O sacerdote sofreu uma paragem cardiorrespiratória na noite de sábado, 2 de fevereiro, ainda foi transportado de urgência ao Hospital de Leiria, mas não resistiu. 

Natural de São Simão de Litém, concelho de Pombal, Adelino Francisco viveu grande parte da sua vida missionária em Moçambique, em situações muito difíceis nos tempos conturbados da revolução e da guerra civil, tendo sido raptado pela Renamo em 1982, na Missão de Muvamba. Esteve refém, com toda a equipa missionária, e só libertado alguns meses depois no Zimbabwe, após ter percorrido centenas de quilómetros a pé no meio de perigos e privações. 

Regressado a Portugal em 2013, por motivos de saúde, permaneceu na Casa Regional do Instituto Missionário da Consolata (IMC), em Lisboa, até 2018, tendo sido levado depois para uma instituição de apoio social, devido ao agravamento do seu estado de saúde e à necessidade de cuidados médicos continuados. 

«Mais um missionário que nos deixa, que com a sua partida nos recorda que nesta vida somos peregrinos. Façamos tesouro dos seus exemplos de vida e rezemos por ele», afirmou o Superior Regional do IMC, padre Eugénio Butti, na mensagem que enviou à comunidade a comunicar o falecimento.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.