+ infoAcontecer
Portugal
Trezentos portugueses na Jornada Mundial da Juventude
Texto J.B. | Foto DR | 10/01/2019 | 16:20
Jovens de 12 dioceses de Portugal vão rumar ao Panamá. Do kit do peregrino recebido pelos participantes da JMJ faz parte um terço elaborado pelas famílias pobres de Belém
imagem

A escassos dias do início da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), os responsáveis pelo Departamento Nacional da Pastoral Juvenil (DNPJ) revelam o número de peregrinos portugueses que se preparam para viajar até ao Panamá, para participarem no evento dedicado à juventude que contará com a presença do Papa Francisco.

 

Serão «300» os portugueses a rumar até ao outro lado do Oceano Atlântico. Entre estes encontram-se «30 voluntários e seis bispos», e estão representadas «12 dioceses e quatro movimentos». «Estamos bem representados e levamos cada jovem português nas nossas orações e nos nossos corações!», referem os responsáveis pelo DNPJ.

 

Os serviços de comunicação do Vaticano apresentam os «números oficiais», em constante atualização, da edição da JMJ que se aproxima. Há «mais de 37 mil jovens» inscritos, e «nas próximas horas» é esperada a inscrição de «mais de 167 mil». No total, «mais de 200 mil jovens» são oriundos de «155 países», incluindo «mil jovens indígenas dos cinco continentes».

 

Giancarlo Candanedo, porta-voz da JMJ a partir do Panamá, dá conta dos preparativos no local. «Como nos estamos a preparar? Primeiramente rezando. Não podemos esquecer que este é um desafio muito grande para uma nação pequena como a nossa. O Santo Padre quis dar essa responsabilidade não apenas ao Panamá, mas a toda a América Central e a todo o seu episcopado. Nós não podemos desapontá-lo», disse o responsável, citado pelo portal Vaticano News.

 

«O governo, pela primeira vez na história da JMJ, criou uma estrutura administrativa capaz de nos ajudar na organização do evento. Ele facilitou muito as coisas. Essa é uma ajuda para a Igreja», realçou Giancarlo Candanedo, adiantando que o kit do peregrino contará com um terço elaborado pelas famílias pobres de Belém. «Foram produzidos um milhão e meio», de acordo com o responsável. A JMJ arranca a 22 de janeiro.

Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.