+ infoAcontecer
Mundo
Número de venezuelanos refugiados chega aos três milhões
Texto F.P. | 08/11/2018 | 17:31
Os dados mais recentes indicam que 2,4 milhões de venezuelanos estão refugiados em países da América Latina e Caraíbas. Os outros 600 mil estão distribuídos por várias outras nações
A Organização Internacional para as Migrações (OIM) e o Alto Comissariado das Nações Unidas para as Migrações (ACNUR) anunciaram esta quinta-feira, 8 de novembro, que o número de refugiados e migrantes da Venezuela espalhados pelo mundo alcançou os três milhões. A maioria procurou refúgio nos países vizinhos, na América Latina.

«Os países da América Latina e Caraíbas têm mantido uma política de portas abertas para os refugiados e migrantes da Venezuela. No entanto, a sua capacidade de receção é muito limitada, pelo que se pede uma resposta mais consistente e imediata da comunidade internacional para prosseguir com esta generosidade e solidariedade», afirmou o representante especial conjunto do ACNUR e da OIM, Eduardo Stein.

Só a Colômbia alberga mais de um milhão de pessoas que fugiram do país liderado por Nicolás Maduro. Segue-se o Peru, com mais de meio milhão e o Equador com cerca de 220 mil. Com este aumento migratório, crescem as necessidades de apoio, quer para os migrantes, quer para as comunidades que os acolhem.

Segundo a OIM, os governos da região estão a liderar a resposta humanitária e a coordenar os seus esforços, inclusivamente através do Processo de Quito, considerado um passo importante para ampliar a assistência e harmonizar as políticas. Neste âmbito, está agendada uma reunião em Quito, no Equador, entre 22 e 23 de novembro, com os representantes de vários governos.
Qual é a sua opinião?
Login
Email: Palavra-chave:
Esqueceu-se da sua palavra chave?
Registar
Comentário sujeito a aprovação.